segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Nelena - parte 3

Eu fui, quando estava a ponto de entrar no banheiro alguém me puxa

Eu: o que é ag..... o que você quer?
xxx: quero conversar

Eu: não temos nada a conversar
xxx: não finja que nada aconteceu, que não sentiu nada
Eu: é isso que você faz quando transa com alguma das suas, Nicholas, agora me solta
Nick: não, e você é diferente, você é você, ninguém sabe quem você é, por isso que eu gosto de você
Eu: quem eu sou? sou uma boba que transou com o maior galinha da escola e que agora quer distancia dele
Nick: não, não minta para você, não minta sobre quem você é, quem você quer ser, quem você quer ter para você
Eu: Nicholas, me deixa em paz


Eu me soltei, mas fiquei pensando no que ele disse, entrei no banheiro e retoquei a maquiagem, Nicholas já tinha partido então eu saí do banheiro mas não tive vontade de ir até meus amigos, decidi ir até o único lugar que tinha sossego de verdade, meu lugar secreto, o pequeno parque que achei quando tinha 12 anos.
Ele é cheio de flores e pequenos insetos, que não me incomodam, tinha somente algumas árvores, que pareciam ter sido esculpidas pelas mãos de anjos de tanta formosura que aparentavam, as rosas estavam encaixadas em seus lugares certos, nenhuma rosa um centímetro fora de seu lugar, o sol batendo na grama e nas copas das árvores, fazendo lindas sombras na grama fresca era maravilhoso, o céu, hoje claro e reluzente,  era uma linda paisagem,muito mais com nuvens que pareciam dançar ao som da  linda melodia da brisa da estação, o inverno, frio e caloroso. Hoje está quente então a paisagem está linda.


Eu só me sentei perto da árvore mãe, a maior daquele parque, a do centro, a que todos viviam a sua volta, a mais bela, a rainha.


Eu pensava em como eu era antes e depois de conhecer Nicholas, fiquei em torno de 25 minutos pensando, parecia que o tempo não passava quando eu estava lá, mas passava voando


Estava a pensar quando a sombra de alguém se aproximou
Não consegui identificar quem era, pois ninguém além de mim, ao meu saber, sabia que ali existia
A sombra foi se aproximando, pude ver ombros largos, estatura mediana, de acordo com o sol das 10:00da manhã, tinha um cabelo, que pela sombra, parecia bagunçado, mas as vezes as sombras enganam.
Me virei para ver quem era, e ela ele.


Por que quando mais eu rezo mais assombrações me aparecem? - era para eu pensar mais acho que disse alto


Nick: se incomoda tanto com minha presença?
Eu: realmente, verdadeiramente, sinceramente? - estava rimando e dizendo palavras em sinônimos, estava nervosa então
Nick: todos sinônimos da primeira palavra - eu semi cerrou meus olhos, disse isso com sarcasmo na voz
Eu: me incomodo sim, muito, fale logo o que quer - estava furiosa
Nick: quero te dizer como me senti naquela noite, naquele momento - sua voz estava mais séria e grossa, pude ouvir a sinceridade, honestidade em sua voz
Eu: então fale
Nick: eu nunca me senti assim com nenhuma outra garota, quando nós viramos um só, eu percebi que você era especial, mas quando você fugiu de mim, achei que não gostasse de mim então te evitei nas férias, sempre que te via nas ruas, dava a volta para não te ver, hoje de manhã ignorei meus amigos para me sentar na cadeira ao seu lado, mesmo que não falasse com você, estaria em sua presença, eu necessito de sua presença, de sua perfume de orquídeas e rosas, do cheiro de seu shampoo de maça com morango, do cheiro do seu gloss de uva, do seu creme de morango, de seu beijo caloroso e ardente, que me excita cada vez mais  e mais - caramba, pensei comigo, ele sabe dos cheiros que eu uso? ele me evitou? eu nem o percebi, será que ele queria dizer que estava apaixonado?
Nick: bem, eu percebi que estou apaixonado por você e só por você
Eu: e quantas vezes já disse isso a alguém? a alguma garota? eu não vou cair nessa, adeus


Eu saí de lá correndo, com lágrimas nos olhos, estava apaixonada e não podia negar, mas não demonstraria, seria forte


Naquele dia saí na 3ª aula, fingir estar passando mal e eles me liberaram, na verdade estava mal, emocionalmente, se isso contava como doença? não sei, mas estava doente por dentro


Passei o resto do dia deitada no meu quarto, olhando para o teto, branco e inexpressivo, deprimente
As 7:00 da tarde decidi ouvir música, peguei meu toca cd's e coloquei um cd novo que comprará, era um CD da Taylor Swift, Speak Now, era legal,já tinha ouvido algumas músicas mas decidi ouvir todas
Amei algumas, outras me identifiquei, principalmente a faixa Haunted, pois é assim que me sinto, assombrada com você, assombrada por estar com você e assombrada por não estar com você, assombrada pelo que me disse de manhã e assombrada pelo seu jeito, assombrada por tudo que você é e por te amar, além de estar assombrada por você não estar aqui








continua ..................

2 comentários:

Danny Love Nelena disse...

ta lindo o capitulo

nick apaixonado

Posta logo

' Anaa disse...

Perfeitoo .
Demais flor .
Posta logo ;*

Seriados Disney


Crie cartinhas, aqui!
É a carta que a Selena escreveu pro Nick na história DEVERIA CONFIAR EM MIM, tem alguns erros mas é essa mesma
Ocorreu um erro neste gadget